Na Capital, happy hour do Sesc Morada dos Baís tem samba, rock e fusão de ritmos

Nesta semana de feriado, o Sesc Morada dos Baís terá samba, samba rock e rock nacional entre as apresentações culturais, todas abertas ao público, com limitação de 350 pessoas e começam sempre às 20h.

 

O samba de Negabi abre a semana musical do Sesc Morada dos Baís na quarta-feira, 14, véspera de feriado. O show de Negabi, marcado por sua voz suave, leva um repertório cheio de pérolas do samba, como Clara Nunes, Beth Carvalho, Martinho da Vila e Alcione.

 

A programação será retomada na sexta-feira, 16, com Marta Cel e Banda que conduzem um show de samba rock. Cantora e compositora de voz singular, autenticidade e suingue, é conhecida pelo repertório influenciado pela soul music. Aos palcos, leva misto de black music, soul music em uma fusão com ritmos brasileiros como o samba.

 

Sábado, 17, tem o rock nacional da banda Haiwanna, que já passa dos 20 anos de estrada, levando influências das grandes bandas do Rock Nacional Brasileiro dos anos 80, como Legião Urbana, Barão Vermelho, Titãs, Nenhum de Nós, Engenheiros do Hawaii e outras. Com composições próprias, atualmente a banda ensaia as músicas novas e faz shows em tributo aos anos 80 pelo interior e na Capital.

 

O Sesc Morada dos Baís fica na Avenida Noroeste, 5140. Informações pelo telefone (67) 3311-4300. O espaço bistrô é aberto às 18h30 e as apresentações musicais começam às 20h. Acompanhe a programação no site sesc.ms

Semana musical do Sesc Morada dos Baís tem forró, MPB, blues e pop; confira a programação

A semana musical do Sesc Morada dos Baís começou com o ritmo do Forró PVC, grupo que conta com músicos de diferentes cantos do Brasil que se juntaram em Campo Grande, misturando suas diferentes referências na paixão e humildade de forrozear. Os shows são abertas ao público, com limitação de 350 pessoas e começam sempre às 20h.

 

Nesta quinta, 08, tem MPB e pop com Ton Alves, que leva um show intimista convidando o público a passear por vários estilos musicais, indo do pop, ao blues, soul a MPB. O show também traz composições próprias.

 

Sexta, 09, tem Whisky de Segunda, que se aproxima dos 15 anos de estrada, tendo gravado um disco em Chicago no ano de 2014, que tornou a banda conhecida fora do país. O repertório é composto por músicas autorais e reinterpretações de artistas renomados do blues.

 

Encerrando a semana musical, no sábado, 10, sobem ao palco Os Walkírias, com grandes sucessos do rock nacional das décadas 80 e 90 e músicas autorais para agradar os ouvidos.

 

O Sesc Morada dos Baís fica na Avenida Noroeste, 5140. Informações pelo telefone (67) 3311-4300. O espaço bistrô é aberto às 18h30 e as apresentações musicais começam às 20h. Acompanhe a programação no site sesc.ms.

Cinema do Sesc Cultura: mostra, sessão acessível e filme para mamães e bebês

A programação de cinema do Sesc Cultura para novembro está repleta de ações que vão incluir todos os públicos, com sessões em vários horários e gratuitas. O Cine Sesc preparou uma seleção com filmes que tratam de exclusão social, racismo, resistência e aceitação da própria diferença, retratando três distintos da América: Brasil, Estados Unidos e Cuba, este último abordando o papel das escolas nos dias atuais, a importância do professor e da educação.

 

A programação regular do Cine Sesc inclui as matinês de quartas-feiras, com reprise às 19 horas e sessão às 19 horas toda sexta-feira. Nos dias 7 e 9 será exibida a produção brasileira Macunaíma, de 1969, com direção de Joaquim Pedro de Andrade; nos dias 14 e 16 a sessão será de “Numa escola de Havana”, película cubana de 2015, dirigida por Ernesto Daranas. Em alusão ao dia da consciência negra, 21 e 23 terá exibição de “Eu Não Sou Seu Negro”, filme norte-americano de 2016, com direção de Raoul Peck. Encerrando novembro, dia 28 será exibido mais um filme nacional, “Era o hotel Cambridge”, produção de 2017, dirigida por Eliane Caffé.

 

A Matinê Sesc Aldeia Materna agora passa a ser aos sábados, com a primeira ação no dia 24 de novembro, com exibição do longa “O começo da vida”, parceria com Video Camp. Nesta sessão especial, as mães podem ir acompanhadas de seus bebês de até 24 meses. O espaço é preparado para os pequenos com trocador, espaço baby e roda de conversa ao final de cada sessão.

 

Todos os meses o Sesc Cultura terá uma sessão Cine Sesc Acessível, com audiodescrição e libras. A primeira sessão será no dia 10 de novembro, sábado, às 15 horas, e o filme em cartaz será a animação franco-suíça “Minha vida de abobrinha” (2016), dirigido por Claude Barras.

 

Mostra Sesc de Cinema

 

Nos dias 29 e 30 de novembro os filmes selecionados para a Mostra Estadual e que representaram o MS na etapa Centro-Oeste da Mostra Sesc de Cinema, estarão em exibição. Dos três indicados, Elogio da Sombra, de Joel Pizzini, foi o selecionado para compor a Mostra Nacional Sesc de Cinema.

 

No primeiro dia, além de Elogio da Sombra (2016), que é uma produção de 14 minutos, será exibida também “Paralelas de aço” (2017), dirigida por Rachid Waqued. Haverá um bate-papo sobre a visibilidade da Mostra Sesc de Cinema para filmes fora do eixo com os diretores indicados 2018 e com Marinete Pinheiro, que participou na Mostra Nacional 2017. No dia 30, será exibido o longa “Canta Dores do Pantanal – 50 anos do Grupo Acaba (2017)”, direção de Fábio Flecha.

 

O Sesc Cultura está localizado na Avenida Afonso Pena, nº 2270. Acompanhe a programação do Sesc no site sesc.ms

Sesc Cultura: multi-instrumentista Miguelito comemora 50 anos de música na quinta clássica

A Quinta Clássica do Sesc Cultura, no dia 1º novembro, terá um momento especial com o compositor e multi-instrumentista Jaime Miguel Barrera, o Miguelito, que chega aos 50 anos de trajetória musical e apresenta suas composições autorais. Miguelito se apresenta junto com o violinista búlgaro Petar Krastanov e do violoncelista Marcelo Geronimo. Participação especial da orquestra de cordas de Campo Grande.

 

Aberta ao público, a ação ocorre sempre às primeiras quintas-feiras de cada mês com a proposta de formar público e levar a música erudita ao alcance de todos. A apresentação começa às 20 horas.

 

Miguelito explica a importância de comemorar seus 50 anos de trajeto no Sesc Cultura. “Estou muito feliz com esse momento. Há três anos estou trabalhando com música erudita autoral e isso começou com apoio do Sesc na Morada dos Baís e depois tivemos dois concertos no Teatro Prosa”. Miguelito revela que na ocasião vai apresentar algumas peças que compôs no início de sua carreira, aos 18 anos, quando estudava piano, para isso usará o piano de cauda do Sesc Cultura. Também haverá apresentação de composições recentes orquestradas junto de outros três músicos e, por fim, com uma camerata, composta por nove cordas e piano, somando 10 integrantes. Dentre as composições, Miguelito destaca “Sem Fim” que concorre premiação mundial de música erudita nos Estados Unidos e que será executada pela primeira vez ao vivo, além de composição usada para trilhar o filme Los Niños de La Guerra: A verdade do Coração, do cineasta Miguel Horta.

 

Trajetória

 

Nascido em 1954 na cidade de Porto Murtinho, Miguelito traz no DNA o gosto pela música, o avô paterno tocava violino. Teve como primeiro instrumento, aos sete anos de idade, uma bateria e três anos depois começaria o estudo de violão, junto ao pai Dom Jaime Tatton, que lhe ensinou os primeiros acordes. Entrou no conservatório de música com 14 anos, estudou música erudita e começou a compor suas primeiras músicas.

 

Aos 18 anos começou a estudar Piano e seus pais foram grandes incentivadores de sua carreira musical nesse período; também estudou Música Clássica com a professora Zelita Ignacio e escrita musical com o maestro Agapito Ribeiro. Foi nesta época que começou a compor suas primeiras peças (Eruditas) para piano.

 

Em seguida, por sua própria inciativa, estudou Bossa Nova e Jazz Fusion; desenvolveu projetos de música instrumental e publicou sua primeira gravação de vinil em 1992, intitulada “Miguel Tatton Instrumental”, com o saxofonista de jazz o francês Idris Boudrioua, o guitarrista Nelson Chagas e o saxofonista Ivan Meyer.

 

Em 2004 lançou “Miguelito Instrumental” com os trompetistas Márcio Montarroyos e Daniel Dias e seus filhos Alexandre Artioli no baixo e Erik Artioli na bateria e mais outros grandes nomes do Jazz, no ano de 2014 avançou mais ainda no jazz com Miguelito Instrumental II com a participação de Phil Thornton, Robert Friedl, Celso Pixinga, Márcio Montarroyos, Ney Conceição, Ivan Meyer, Victor Bertrami, Edmir Kischi Tozzi, Alex Mesquita, Sandro Moreno, Anderson Magoo ,Otávio Neto, Idriss Boudrioua, Orlando Bonzi, Antônio Porto, Anderson Rocha. Seus horizontes aumentaram quando desenvolveu projetos de Soul Music com o Soul Friends e “Time Travellers” Classic Rock e atualmente concentra sua energia na música erudita com o violinista Búlgaro Petar Krastanov da Orquestra Sinfônica Acadêmica de Sófia.

 

O Sesc Cultura está localizado na Avenida Afonso Pena, nº 2270. Acompanhe a programação do Sesc no site sesc.ms

Na Capital, Morada do Baís tem show especial para dia do comerciário, além de muito rock

Happy hour com animação e música de qualidade é no Sesc Morada dos Baís, começando a semana musical na quarta-feira, 31, com show especial de Chicão Castro e Fabinho, que entoam canções da MPB em comemoração ao Dia do Comerciário. As apresentações são abertas ao público, com limitação de 350 pessoas e começam sempre às 20 horas.

 

Na quinta-feira, 01, tem novidade com apresentação da banda Tonho Sem Medo, que é formada por um grupo de amigos da cidade de Bandeirantes, e toca Blues e Rock dos anos 50, 60 e 70. A banda traz versões próprias de sucessos de Creedence, Cream, ZZ Top, Lynyrd Skynyrd, Bad Company e Eric Clapton e também vem divulgando suas músicas autorais “Não Quero Mais” e “Isadora”.

 

Sexta, 02, é feriado e o Sesc Morada dos Baís não abrirá ao público. Mas a programação será retomada no sábado, 03, com a Four Sounds, levando no repertório desde clássicos da música internacional, MPB, Pop Rock e Rock Clássico.

 

O Sesc Morada dos Baís fica na Avenida Noroeste, 5140. Informações pelo telefone (67) 3311-4300. O espaço bistrô é aberto às 18h30 e as apresentações musicais começam às 20h. Acompanhe a programação no site sesc.ms

Agência Nacional do Cinema divulga relação dos primeiros projetos habilitados para contratação

A Agência Nacional do Cinema (Ancine), entidade vinculada ao Ministério da Cultura (MinC), divulgou na quarta (24) a relação dos primeiros projetos habilitados para a etapa de contratação na Modalidade A da Chamada Pública BRDE/FSA Fluxo Contínuo Produção para Cinema 2018. Essa Chamada se destina à seleção de propostas, de forma automatizada, para investimento do Fundo Setorial do Audiovisual (FSA) em projetos de produção de obras cinematográficas de longa-metragem apresentados por meio de produtoras brasileiras independentes e distribuidoras brasileiras independentes. O valor total disponibilizado é de R$ 180 milhões.

Os projetos habilitados somam aportes que totalizam R$ 51.908.975,07. Um projeto ainda aguarda decisão de reenquadramento do Comitê de Investimento de Cinema, com valor de R$ 3.091.024,93. A lista de projetos habilitados pode ser consultada aqui.

 

A habilitação ainda é preliminar, uma vez que os valores e projetos ainda podem sofrer alterações, em função dos recursos de inabilitação, da análise do CI e da análise financeira. Foram habilitados 17 projetos, de 15 produtoras e sete distribuidoras. Produtoras de quatro projetos têm classificação de nível 2 ou 3 na ANCINE, o que demonstra a presença de empresas iniciantes.

 

A partir de 31/10, serão divulgados semanalmente os projetos habilitados nas Modalidades B, C e D da Chamada. Enquanto houver saldo de recursos, novas atualizações serão divulgadas, à medida que projetos retornarem do Comitê de Investimento, quando for o caso.

Cine Sesc tem longa sobre ritmo dos cocos e biografia de David Lynch, na Capital e Corumbá

A programação do Cine Sesc leva grandes produções, sendo uma brasileira à Campo Grande e um documentário dinamarquês para Corumbá.

 

No dia 24 de outubro, quarta-feira e na sexta, 26, o Cine Sesc exibe no Sesc Cultura, em Campo Grande, “Caminhos do Coco”, com direção de Joice Temple. O longa trata de uma das manifestações artísticas mais características da cultura nordestina, a música.

 

Com os diversos ritmos que percorrem o litoral e o sertão, passando por quilombos e áreas rurais, essa expressão artística se apresenta ao mundo como parte da cultura popular nordestina, tão rica quanto variada. As sessões serão às 15h e 19h da quarta-feira e na sexta-feira às 19 horas.

 

Corumbá

 

Encerrando a programação do mês, dias 24 e 27 será exibido o longa “David Lynch, a vida de um artista”, por Jon Ngyen. Em uma íntima jornada, o documentário narra sobre os anos que formaram a vida do cineasta David Lynch. Desde sua criação idílica em uma pequena cidade até as ruas escuras de Filadélfia, acompanhamos Lynch à medida que ele traça os eventos principais para a sua formação, assim como para o seu estilo cinematográfico enigmático.

 

O Sesc Cultura está localizado na Avenida Afonso Pena, nº 2270. O Sesc Corumbá fica na rua 13 de junho, 1703 – Centro. Informações pelo telefone (67) 3232-3130. Acompanhe a programação do Sesc no site sesc.ms

Corumbá: Cine Charlas exibe filme ”Lope” do cineasta brasileiro Andrucha Waddgton

Dia 25 de outubro, às 19h, é dia de praticar o Espanhol e discutir produções latino-americanas no Cine Charlas do Sesc Corumbá. Em exibição, o filme “Lope”.

 

Filme de um dos mais respeitados cineastas brasileiros da atualidade, Andrucha Waddgton, o filme épico baseado na vida do poeta e dramaturgo espanhol Lope de Veja, autor de obras como: “Amarílis” e “Arcadia”. A obra retrata a vida de um jovem poeta ambicioso e um eterno apaixonado. Vivendo mais o presente do que pensando no futuro, ele se entrega ao amor de duas mulheres e desafia regras que podem transformá-lo de herói a vilão, trazendo a desgraça ou a glória.

 

Após a exibição, haverá uma interlocução sobre o filme, toda em espanhol, realizada por tanto pelos professores quanto universitários do curso de Letras/habilitação Espanhol da UFMS/CPAN.

Programação especial do mês da criança segue a todo vapor no Sesc Cultura

A programação infantil  especial do mês da criança segue nesta semana com teatro, cinema e muita diversão . Até o fim de outubro haverá  teatro de bonecos, espetáculo para bebês, cinema, artes e muita batucada. Em todas as ações, as crianças devem estar acompanhadas de seus responsáveis.

 

No dia 20, será apresentado às 15 horas o espetáculo “Pantanália”, musical que reúne animais da fauna local, representados por 50 bonecos em cena, que cantam, dançam, brincam e lutam pela sobrevivência. Homenagem a diversos artistas regionais com referências da dança e música, o projeto é uma realização do grupo de bonecos Tareco-Treco e leva o nome Pantanália em homenagem ao grupo de dança que fez sucesso em Campo Grande nos anos 80. Depois da peça tem Mostra Infantil Itinerante do Festival Internacional de Cinema “Nueva Mirada” com exibição dos curtas “Sinfonia monstruosa”, “O caçador de frangos”, “Rising Hope”, “Lágrimas de um palhaço”, “Sinalizador”, “Tarde ou cedo”.

 

Dia 25, às 16 horas, no Teatro Prosa do Sesc Horto, tem ação para bebês, com o Espetáculo “Cuco – a linguagem dos bebês no teatro”, encenado pela Cia Caixa do Elefante, de Porto Alegre – RS. Os ingressos são limitados e devem ser retirados meia hora antes do início, no local. A peça é voltada a bebês de 06 meses a 03 anos, com um acompanhante adulto.  O espetáculo usa experiências lúdicas e estéticas dos bebês, com o jogo entre o “esconder e o revelar”, tomando a forma num ninho, numa cama acolchoada. Espaço que acolhe fantasias, surpresa e tudo o que é possível a uma criança colecionar.

 

Acumulando várias premiações, a Caixa do Elefante Teatro de Bonecos, fundada em 1991, em Porto Alegre, RS, é um dos mais representativos grupos brasileiros de teatro de bonecos e formas animadas da atualidade.

 

Na sexta, 26, às 15 horas, a cia Caixa do Elefante conduz a oficina “Barulhar” para bebês da mesma faixa etária. Por meio do contato com diferentes objetos sonoros, músicas, silêncios, os bebês e crianças pequenas poderão desfrutar de um momento único, exercitando suas diversas capacidades de “barulhar”. A inscrição deve ser feita previamente mediante doação de 03 litros de leite longa vida que serão doados ao Mesa Brasil Sesc.

 

Sábado, 27 de outubro, haverá a oficina “Um rosto de argila” com uma turma das 14h ás 15h15 e outra das 17h às 18h15. A ação é voltada para crianças a partir de 04 anos, acompanhadas de seus responsáveis.  Nesta oficina a criança vai aguçar sua  percepção da arte tridimensional por meio da modelagem em argila e criação de um médio relevo de um rosto personalizado. Para participar, é preciso levar o material: 1 kg de argila escolar; 1 caixa de sapato e palitos de dente.

 

Encerrando a maratona infantil do mês das crianças, o Cine Clubinho exibe “Porco Rosso” em duas sessões: às 15h30 e 18h30. Na Itália entre as duas guerras, caçadores de prémios ganham a vida a lutar contra os piratas do ar que aterrorizam o Mar Adriático. Um deles é Marco Porcellino, mais conhecido por Porco Rosso. Gina, cantora e proprietária do Hotel Adriano, situado numa pequena ilha, não desiste de tentar convencê-lo de que vale a pena procurar a humanidade, mas Porco resiste a falar do passado e detesta o único vestígio desses tempos – uma fotografia que mostra o seu rosto antes de assumir os agora característicos contornos porcinos.

 

 O Sesc Cultura está situado na Avenida Afonso Pena, nº 2270, em Campo Grande.