Na Capital, Centro Cultural abre as portas para exposição coletiva “À procura da Pintura”

No dia 19 de setembro, o Centro Cultural José Octávio Guizzo, unidade da Fundação de Cultura, inaugura às 19h, a exposição coletiva “À procura da Pintura”, na Galeria Wega Nery.

 

A mostra é um recorte da produção de sete estudantes do curso de Artes Visuais da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS), durante seus percursos de investigações e achados da disciplina Oficina de Pintura.

 

Sob a curadoria da artista visual e professora do curso Priscilla Pessoa, à procura da pintura estão Diana Cler, Erika Bernard, Isadora Pesqueira, Jaqueline Cabral, Mera, Poppy Carpio e Satomi Katagiri.

 

 

A escolha do nome reflete o que foi esse tempo para os artistas acadêmicos: um momento em que puderam dedicar-se intensamente a conhecer os fundamentos teóricos e técnicos da pintura, além de refletir e experimentar o que poderiam chamar de suas pinturas.

 

Buscando especificidades visuais e poéticas de cada um, eles desenvolvem trabalhos frutos de suas buscas pessoais, apresentando-se diferentes entre si. Sendo assim, a mostra é composta por pinturas de temas variados, que vão desde o cotidiano até questões sociais. As obras se diversificam entre cores, linhas e materiais como tela, papel, lona, madeira e outros suportes.

 

Professora da disciplina de Oficina de Pintura, a curadora conta que as exposições já acontecem há cinco anos, revelando talento e criatividade de quem ainda tem muita carreira pela frente. “Fizemos uma seleção levando em conta a qualidade dos trabalhos desenvolvidos nesta matéria. Elegemos os mais representativos e a exposição visivelmente se tornou um recorte do processo criativo individual de cada um e ao mesmo tempo um resumo do que é trabalhado no curso”, contou Priscilla Pessoa.

 

 

A exposição “À procura da Pintura” vai até o dia 31 de outubro. Para visitação, os horários de terça a sexta são das 8h às 22h, sábado das 8h às 18h.

 

Mais informações podem ser obtidas no Centro Cultural José Octávio Guizzo, na rua 26 de Agosto, 453, entre a ruas Calógeras e 14 de julho ou pelo telefone (67) 3317-1795.

TV Brasil