Na Capital, longa “Febre do Rato” abre temporada de exibições do MIS com entrada franca

ZeroUmInforma/ArteECultura – “Febre do Rato”, longa dirigido pelo pernambucano Cláudio Assis, abre no dia 1º de março (Quarta-Feira de Cinzas), às 19 horas, a temporada de exibições deste ano do Museu da Imagem e do Som. Realizada pelo Cineclube Marginália, de Campo Grande, a projeção tem entrada franca e classificação de 18 anos.

Típica expressão da cidade de Recife que significa estar fora de controle, “Febre do Rato” também designa alguém que está danado. E é assim que Zizo (Irandhir Santos), um poeta inconformado e de atitude anarquista, chama um pequeno tablóide que ele publica às próprias custas.

Vivendo em um mundo particular, em que ajuda os menos afortunados, mas onde também pratica algumas maldades, Zizo se depara com Eneida (Nanda Costa), uma jovem de aproximadamente 18 anos que instiga e promove sua transformação.

O elenco conta ainda com Matheus Nachtergaele, Ângela Leal, Maria Gladys, Conceição Camarotti, Mariana Nunes, Juliano Cazarré, Victor Araújo, Hugo Gila e Tânia Granussi

O filme de Cláudio Santos recebeu oito prêmios no 4º Festival de Cinema de Paulínia: melhor ficção, ator (Irandhyr Santos), atriz (Nanda Costa), fotografia (Walter Carvalho), montagem (Karen Harley), direção de arte (Renata Pinheiro), trilha sonora (Jorge Du Peixe) e longa de ficção (Júri da Crítica).

Divulgação

 Debate – Logo após a exibição será realizado um debate mediado pelo acadêmico de Artes Visuais da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul e integrante do Cineclube Marginália, Marcos Roney Simões.

A exibição que abre a temporada do Museu da Imagem e do Som faz parte do Clube do CineClube, um projeto coordenado pelo Cinema (d)e Horror e pelo Colegiado de Cinema que tem por objetivo realizar um diálogo entre os cineclubes do Estado a fim de promover uma organização política deste setor cultural.

O projeto abre oportunidades para o público apreciar bons filmes originados de diferentes vertentes do cinema regional e mundial, além de participar de debates com a presença de mediadores que conduzem reflexões acerca das propostas e dos caminhos apresentados nas películas.

Serviço

A exibição acontece dia 1º de março (quarta), às 19 horas, no Museu da Imagem e do Som, que fica no Memorial da Cultura, na Avenida Fernando Correa da Costa, 559, 3º andar, Centro. A entrada é franca.

Outras informações sobre a programação do MIS podem ser obtidas no site www.misms.com.br. O e-mail é mis@fcms.ms.gov.br. Telefone: (67) 3316-9178.

TV Brasil