Premiado e instigante, “Arábia” terá exibição gratuita no Museu da Imagem e do Som

Bem avaliado pela crítica e com diversos prêmios no currículo. A próxima atração do Cine Marginália no Museu da Imagem e do Som é o longa-metragem “Arábia”, de Affonso Uchoa e João Dumans. A exibição é gratuita e está marcada para amanhã (28), às 19 horas, na Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul.

 

Melancólico, criativo, instigante. “Arábia” personifica as batalhas do operariado brasileiro. O filme aborda as mudanças do jovem André ao encontrar o diário de um trabalhador, numa vila operária em Ouro Preto, em Minas Gerais. O relato o faz entrar em contato com a comovente trajetória de vida de Cristiano, em meio às mudanças sociais e políticas do Brasil nos últimos dez anos.

 

Affonso Uchôa é diretor e roteirista. Dirigiu o longa-metragem “A Vizinhança do Tigre” (2014), premiado na Mostra de Tiradentes (2014) e também em outros festivais, como Olhar de Cinema, Semana dos Realizadores e Fronteira. João Dumans é diretor e roteirista. Foi roteirista e montador de “A Vizinhança do Tigre”, roteirista de “A cidade onde envelheço (vencedor do Festival de Brasília de 2016) e assistente de direção e produtor executivo de “Os Residentes” (exibido no Festival de Berlim 2011).

 

Foto: Divulgação – Embaúba Filmes

 

Lançado em 2017, “Arábia” foi vencedor de 5 prêmios no Festival de Brasília do mesmo ano e exibido em mais de 50 festivais dentro e fora do Brasil, dentre eles o Festival de Roterdã (Holanda), Viennale (Áustria) e o BFI (Londres).

 

Também acumula os prêmios de melhor filme no 4º Festival La Casa Cine Fest (Equador), no 7º Lima Independiente (Peru), no Festival Internacional de Cine de Hidalgo (México), no 27º Films from the South (Noruega) e no 2º Graba Festival Audiovisual (Argentina) – Melhor Filme Latino Americano.

 

O Cineclube Marginália é o resultado de um amadurecimento de inúmeras ideias iniciadas em projetos anteriores, como o Cineclube Cinema (d)e Horror e o Cineclube Guarani. A proposta é promover um trabalho de base voltado à comunidade geral sul-mato-grossense por meio da difusão do cinema, da valorização da produção nacional e da formação de público.

 

 “Arábia” será exibido amanhã (28 de outubro), às 19 horas no Museu da Imagem e do Som, que fica no Memorial da Cultura, na Avenida Fernando Correa da Costa, 559, 3º andar, Centro.

TV Brasil