Violonista Marcelo Fernandes apresenta recital em Campo Grande com patrocínio do FIC

ZeroUmInforma

marcelo

O violonista Marcelo Fernandes apresenta nesta sexta-feira (20), às 20 horas, no Sesc Horto, na Capital, o recital do Projeto “Um Violão Entre Amigos”, patrocinado pelo Fundo de Investimentos Culturais, gerido pela Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul. A entrada é franca.

Marcelo Fernandes apresentará no concerto um repertório completamente dedicado à música clássica para violão, com destaque para a produção dos espanhóis Francisco Tárrega (1852 – 1909) e Fernando Sor (187 – 1939) e do brasileiro Heitor Villa-Lobos. Trata-se de compositores que conheciam muito bem as potencialidades do violão e que souberam explorá-las para obterem o máximo resultado dentro de seus estilos.

Fernando Sor pode ser entendido como um dos expoentes máximos do Classicismo Violonístico (uma espécie de Mozart do violão). A obra de Tárrega incluída neste programa (Fantasia sobre temas da ópera La Traviatade Verdi) possui um impressionante final apoteótico, além representar com propriedade a música ouvida na corte brasileira e na Europa na segunda metade do século XIX.

Já Villa-Lobos é o expoente máximo da produção brasileira para violão e a obra que será interpretada neste concerto (os três últimos da série de doze estudos) apresenta sonoridades que, mesmo em nossos dias, deixam os ouvintes perplexos e ao mesmo tempo encantados – considerando a fragilidade do instrumento executado.

Será ainda apresentada a Fuga BWV 1001 para violino, de J. S. Bach (1685 – 1750), considerado por muitos como um dos maiores expoentes da Música Ocidental de todos os tempos. Bach viveu no final do período Barroco e por isso sua música tinha por premissa a expressão dos afetos humanos. Era também muito religioso e professou dentro da fé luterana que todas as suas obras deveriam glorificar a seu Deus.

Por outro lado o racionalismo de seu tempo o impeliu a construir um artesanato musical rigoroso, cuja subserviência à necessária expressão dos afetos resultou em uma produção de profundidade singular. Por isso, ouvir uma fuga de Bach é, ao mesmo tempo, ter contato com uma obra de arte exemplar em termos estruturais – uma espécie de racionalismo sonoro extremo e, por outro lado, sentir essa estrutura sonora fluindo expressivamente, como uma espécie de mímesis da alma humana.

O concerto contará ainda com a participação de outros artistas: a abertura ficará a cargo do maestro Gean Euzébio, que irá reger os alunos do projeto Arefa e ainda a participação especial da poetiza Delasnieve Daspet.

Apoio

A apresentação marca o encerramento do Projeto “Um Violão Entre Amigos”, patrocinado pelo FIC – Fundo de Investimentos Culturais do Estado e que levou concertos do violonista para as cidades de Rio Negro, Corguinho, Rochedo, Ivinhema, Dourados, Porto Murtinho, Ribas do Rio Pardo e Bocajá (distrito de Douradina).

Durante as apresentações foram interpretados clássicos do repertorio violonístico brasileiro com ênfase à produção dos pioneiros dessa arte, como Dilermando Reis, João Pernambuco e Américo Jacomino. Ao lado de Marcelo Fernandes se apresentaram diversos grupos instrumentais, como a Camerata dos alunos da Fundação Nelito Câmara, a Orquestra de Violão Criança Cidadã de Ribas do Rio Pardo e a orquestra de violões de Porto Murtinho.

Também se apresentaram importantes nomes da música clássica sul-mato-grossense como a pianista Mirian Suzuki, o violonista Edson Verbiski e o violonista Jardel Vinicius Tartari – além de jovens promessas do violão do Estado.

Marcelo Fernandes é bacharel em Violão, doutor em Música pela Universidade de São Paulo e professor adjunto da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul. É detentor de seis prêmios de interpretação instrumental, entre eles destacam-se o X Concurso Nascente USP – Abril (SP, 2000); I Concurso Internacional Violão Intercâmbio (SP, 1999); XVII Concurso Latino – Americano de Violão Rosa Mística (PR, 1998).

Marcelo empreende frutífera carreira internacional, tendo realizado anualmente turnês de concertos pela Espanha, França, Suíça, Portugal, Alemanha, Bélgica, Colômbia e Chile. No Brasil, já realizou turnês por mais de vinte Estados, tocando em teatros das capitais e do interior.

Serviço

A apresentação do recital de Marcelo Fernandes acontece nesta sexta (20), às 20 horas, no Sesc Horto, que fica na rua Anhandui, 200. A entrada é franca.

TV Brasil